Núcleo de Estudos e Artes do Vale do Âncora
Segunda-feira, 14 de Abril de 2014
VANDALISMO PASSIVO DESTROI MATA DA GELFA

Artigo de opinião de Joaquim Vasconcelos

 

Um planeamento deficitário deu origem a uma impermeabilização dos terrenos, nas proximidades da ETAR da Gelfa (zona Industrial de Ancora, parque de campismo, urbanização da Gelfa, etc.), criando uma sobrecarga das águas pluviais de superfície, que foram direccionadas para regueiros que se encaminham para a Mata da Gelfa.

Tendo em consideração que a rede de A.R.D., se encontra sub dimensionada, e tendo em atenção que, parte das águas residuais pluviais estão canalizadas para a rede de saneamento, este Inverno, havia algumas das estações de bombagem, que devem ter deixado de funcionar e lançavam esses resíduos para as linhas de água através dos colectores de descarga.

Na ETAR da Gelfa vi equipamentos parados parecendo não estarem a funcionar; os tanques de secagem, sem resíduos, e os tanques de infiltração secos, enquanto tudo à volta daquela, estavam cheios de lagos provenientes de toda essa descarga de A.R.P. para a mata da Gelfa e da mistura da ETAR que tem o seu tubo de descarga escondido aos olhos dos menos curiosos, também a debitar a sua cota parte.

Compreende-se agora a razão dos serviços responsáveis terem vedado o acesso automóvel, possivelmente para evitar que algum veiculo motorizado se pudesse atolar no lago de porcaria existente no interior da mata topo Sul, durante o Inverno ou quando chove muito.

É lamentável ver uma mata, onde foram gastos milhares de "contos", abandonada, com parques de merendas escondidos no interior de um manto de erva, um circuito de manutenção com equipamento de madeira que foi deixado degradar-se e cair de podre.

Quanto ao circuito de natureza que também foi abandonado, deixaram que esse equipamento se degrada-se.

Portanto à boa maneira "portuguesa", a manutenção foi esquecida, e a degradação tornou-se uma realidade.

A área onde estava previsto implantar uma cobertura arbórea diversificada está repleta de acácias.

 

Tudo isto leva-nos a pensar que estamos perante a ampliação da ETAR da Gelfa.

O cordão dunar, encontra-se também coberto por acácias, que estão a fragilizaquela, tornando a situação extremamente preocupante, tendo em atenção a intensa erosão a que está sujeita.

Há muitos anos que aquela duna devia ter sido protegida eliminando as acácias que as cobria em vez de andarem a fazer "ciclo vias", sem nexo não existindo um planeamento de interligação com outros serviços (interfaces), mas isto é um outro assunto.

Agora julgo ser tarde, pois numa extensão de mais de 100m do topo Norte da duna da Gelfa, a largura do pico daquela até ao limite da rampa, anda à volta de dois a três metros e tem estado a ser desgastada na sua base o que pressupõem a sua eliminação talvez já no próximo ano a não ser que os responsáveis consigam ter capacidade de eliminar o real problema daquele desgaste dunar.

 

Afinal quem são os vândalos?

Aqueles que:

1 -Deixaram chegar ao ponto de abandono de todo o equipamento da mata da Gelfa, e;

2 - E os que deixaram degradar um património dunar com centenas de anos, que funcionava, em primeira análise, como barreira de protecção do continente à invasão marinha.

No que diz respeito a este ultimo assunto, se não eliminarem o problema real a destruição desta duna vai continuar a dar origem a um avanço rápido do mar, sobre a referida mata.

 

 



publicado por nuceartes às 13:51
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Ainda sobre a Bandeira Az...

Movimentação de areias na...

Visita da Direcção do NUC...

Melro d'Água em edição di...

Qualidade da areia no “Mo...

Borrelho de Coleira Inter...

Nota de Imprensa

Proposta de valorização d...

A Masseira navega nos mar...

SOS Litoral Norte

arquivos

Agosto 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Junho 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
Visitas
Free Counters
Free Counters
blogs SAPO
subscrever feeds